Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Retomada pavimentação do acesso a Carlos Gomes, no Alto Uruguai

Obra conta com investimento de R$ 2,8 milhões do Tesouro do Estado

Publicação:

foto editada
foto editada - Foto: Arquivo 13ª SR
Texto: Liana Ramos Carvalho

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) – vinculado à Secretaria de Logística e Transportes (Selt) – retomou a pavimentação do acesso municipal a Carlos Gomes, no Alto Uruguai. As obras na ERS-477, que liga o perímetro urbano ao entroncamento com a ERS-126, fazem parte do Plano de Obras 2019 do governo do Estado.

De acordo com o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, serão concluídos os 5,2 quilômetros restantes do total de 14,5 da rodovia. “O nosso objetivo é atender demandas históricas, como é o caso dessa ligação asfáltica”, afirma. “O governador Eduardo Leite disponibilizou R$ 37 milhões para finalizarmos, no curto prazo, oito acessos municipais. Mas também solicitamos recursos junto à bancada federal gaúcha, na Câmara dos Deputados, para que mais municípios também tenham suas obras retomadas.”

Os trabalhos na rodovia iniciaram com os serviços de pavimentação com base de brita graduada e incluem a implantação de dispositivos de drenagem, sinalização e execução de obras complementares.

“A expectativa é finalizar no primeiro semestre de 2020 essa importante ligação entre as regiões Norte e Nordeste do estado, que também é muito utilizada no escoamento da produção agropecuária”, afirma o diretor-geral do DAER, Sívori Sarti da Silva.

Serão investidos na ERS-477 aproximadamente R$ 2,8 milhões, com recursos oriundos do Tesouro do Estado.

Plano de Obras

O acesso asfáltico a Carlos Gomes (ERS-477) integra as ações do Plano de Obras 2019, anunciado em junho pelo governador Eduardo Leite. O pacote de investimentos nas rodovias estaduais soma R$ 301 milhões.

A maior parte dos recursos, R$ 170 milhões, é oriunda do Tesouro do Estado e da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). O montante será usado para a recuperação de estradas e conclusão de ligações asfálticas, pontes e convênios municipais nas 17 superintendências regionais do DAER. Outros R$ 131 milhões, financiados pelo BNDES, serão utilizados para finalizar a duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

DAER-RS