Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Ações emergenciais melhoram condições de onze rodovias na Serra

Recuperação asfáltica e remoção de barreira estão entre serviços executados

Publicação:

A foto mostra equipamentos na RSC-453 realizando a pavimentação
Pavimentação foi recuperada entre os quilômetros 103 e 108 da RSC-453 - Foto: Divulgação Daer
Texto: Liana Ramos Carvalho (ACS/Daer) e Júlio Cunha Neto (Selt)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Logística e Transportes e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), concluiu uma série de serviços para melhorar as condições de trafegabilidade em rodovias da Serra Gaúcha. Os trabalhos se concentraram nos trechos mais críticos de onze estradas que foram atingidas pelas fortes chuvas das últimas semanas.

“Em um primeiro momento, atendemos as vias que registram maior circulação de veículos, no intuito de restabelecermos as condições necessárias tanto ao transporte de pessoas quanto de cargas", ressalta o secretário Juvir Costella. "Intensificamos as ações de manutenção, contando com equipes do Daer trabalhando dia e noite e aos fins de semana para dar mais agilidade aos serviços."

As operações tapa-buracos emergenciais foram executadas durante o mês de julho por uma empresa contratada pelo Daer e equipes próprias do departamento. As rodovias que receberam os serviços foram a ERS-446 (São Vendelino a Carlos Barbosa), ERS-122 (Farroupilha a Caxias do Sul e de Ipê a Campestre da Serra), RSC-453 (Bento Gonçalves a Farroupilha e de Caxias a Lajeado Grande) e na ERS-444 (de Garibaldi ao acesso a Monte Belo do Sul).

“Tivemos que recuperar o pavimento entre os quilômetros 103 e 108 da RSC-453, em Bento Gonçalves, que estava severamente comprometido”, acrescenta o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino. A obra executada nos três quilômetros ocorreu na última semana de julho. “Outra ação excepcional foi a remoção da barreira que desmoronou no quilômetro 38 da ERS-448, em Nova Roma do Sul”, destaca o dirigente.

Houve, ainda, corte de vegetação em oito trechos de estradas: ERS-355 (Vila Flores – Fagundes Varela), ERS-359 (Veranópolis – Cotiporã), ERS-446 (São Vendelino – Carlos Barbosa), ERS- 452 (Bom Princípio – Nova Palmira), VRS-813 (Farroupilha – Garibaldi), VRS-831 (Nossa Senhora da Saúde - Santa Justina), ERS-444 (Garibaldi – Santa Tereza) e VRS-864 (Vila Forqueta, em Caxias do sul – Mato Perso, em Flores da Cunha).

Solução para a ERS-448

Além das ações de manutenção e recuperação de rodovias, o Daer também avança na análise da solução para o trecho interditado da ERS-448, em Nova Roma do Sul. O km 39 da estrada - onde parte do asfalto desmoronou com a força da chuva - passa por análises técnicas de um geólogo e de projetistas, que avaliam a possibilidade de construção de uma passagem provisória em meia pista. No estudo, os profissionais contratados pela autarquia definirão o tipo de serviço a ser feito e o valor necessário.

De acordo com o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, os trabalhos de topografia foram concluídos e, no momento, ocorre a sondagem das características geológicas do trecho. “Como a região é de alto risco, precisamos conhecer o material antes de iniciar a escavação, sob pena de comprometer a segurança dos trabalhadores”, esclarece.
"Estamos acompanhando a escolha da melhor solução técnica para que ela ocorra o mais breve possível, respeitando as condições de segurança necessárias”, enfatiza.

DAER-RS